*

*

PRODESE E ACRA



VIDA QUE SEGUE...Uma
das principais bases de inspiração do PRODESE foi a Associação Crianças Raízes
do Abaeté-Acra,espaço institucional onde concebemos composições de linguagens
lúdicas e estéticas criadas para manter seu cotidiano.A Acra foi uma iniciativa
institucional criada no bairro de Itapuã no município de Salvador na Bahia, e
referência nacional como “ponto de cultura” reconhecido pelo Ministério da
Cultura. Essa Associação durante oito anos,proporcionou a crianças e jovens
descendentes de africanos e africanas,espaços socioeducativos que legitimassem
o patrimônio civilizatório dos seus antepassados.
A Acra em parceria com o Prodese
fomentou várias iniciativas institucionais,a exemplo de publicações,eventos
nacionais e internacionais,participações exitosas em
editais,concursos,oficinas,festivais,etc vinculadas a presença africana em
Itapuã e sua expansão através das formas de sociabilidade criadas pelos
pescadores,lavadeiras e ganhadeiras,que mantiveram a riqueza do patrimônio
africano e seu contínuo na Bahia e Brasil.É através desses vínculos de
comunalidade africana, que a ACRA desenvolveu suas atividades abrindo
perspectivas de valores e linguagens para que as , crianças tenham orgulho de
ser e pertencer as suas comunalidades.
Gostaríamos de registrar o nosso
agradecimento profundo a Associação Crianças Raízes do Abaeté(Acra),na pessoa
do seu Diretor Presidente professor Narciso José do Patrocínio e toda a sua
equipe de educadores, pela oportunidade de vivenciarmos uma duradoura e valiosa
parceria durante o período de 2005 a 2012,culminando com premiações de destaque
nacional e a composição de várias iniciativas de linguagens, que influenciaram
sobremaneira a alegria de viver e ser, de crianças e jovens do bairro de
Itapuã em Salvador na Bahia,Brasil.


sábado, 14 de setembro de 2013

FORMATURA DO CURSO DE SAMBA DE VIOLA DA ASSOCIAÇÃO DO GRUPO DA 3ª IDADE ETERNA JUVENTUDE



Ilustração do convite da formatura

No dia 06 de setembro a Associação do Grupo da Terceira Idade Eterna Juventude, realizou no Espaço Cultural da Câmera de Vereadores do município de Salvador a solenidade de formatura do Curso de Samba de Viola 2013, sob a coordenação do artista plástico e educador Joaquim Assis.


O  artista plástico e educador Joaquim Assis abrindo a cerimônia de formatura 
 Criada em 13 de janeiro 2002, a Associação do Grupo da Terceira Idade Eterna Juventude é uma instituição sem fins lucrativos dedicada a promover o bem-estar do idoso e resgatar sua autoestima, por meio da reintegração social.
A Associação surge inicialmente como uma “brincadeira” de carnaval.
Em janeiro de 2000, o artista plástico Joaquim Assis convida alguns amigos, entre os principais, Cilene Nogueira, Jairo Gomes e Leni Maria, para criar um bloco de carnaval que resgatasse as marchinhas tradicionais, lembrasse o ritmo das escolas de samba e trouxesse a inovação nas fantasias, já que estas eram confeccionadas pelos próprios membros do bloco utilizando material reciclado. O trabalho foi tão satisfatório, que o artista plástico iniciou um projeto de resgate da cultura popular aliado à arte de reciclar. Neste projeto, os idosos participam das principais festas populares do estado da Bahia sempre vestidos com roupas confeccionadas com material reciclável de embalagens de café, rótulos de refrigerantes, embalagens de polpa de frutas, entre outras.” (http://grupoeternajuventude.webnode.pt/historia/).

As roupas da formatura foram confeccionadas pelas formandas que dedicaram tempo de criatividade e competência na finalização das roupas.As batas com os bordados coloridos, foram encomendadas no Ceará.Os adereços, foram escolhidos com muito esmero e criatividade pelo artista plástico Joaquim Assis. 










 A formatura foi muito prestigiada por amigos e familiares, que viveram momentos de muita alegria e orgulho ao assistirem as performances apresentadas pelos/as idosos/as no embalo do ritmo saboroso do samba de viola.
Nomes dos/as formandos/as no convite
  

Amigos e familiares prestigiaram a formatura







Prestigiando o evento estava a Professora Arany Santana Coordenadora de Cultura do Estado da Bahia.


Arany Santana foi homenageada pela Associação do Grupo da Terceira Idade Eterna Juventude e eleita madrinha da Associação que  reconhece na sua pessoa,  o apoio e incentivo que vem dando ao grupo desde a sua fundação.

Vale destacar que uma das formandas foi a Professora Joselita Anunciação do Patrocínio Lima,Priora da Irmandade do Rosário dos Pretos e que integrou a Coordenação da Associação Crianças do Abaeté.


Professora Joselita Anunciação do Patrocínio Lima num dos momentos de culminância do evento dançando a valsa com seu esposo e padrinho de formatura Raimundo Lima


Professora Joselita Anunciação do Patrocínio Lima  ao lado do seu irmão Professor Narciso José do Patrocínio e seu colega de curso o formando Srº Luís Carlos Pinto Ribeiro


Professora Joselita Anunciação do Patrocínio Lima  dançando a falsa de formatura com seu  irmão Professor Narciso José do Patrocínio


Professora Joselita Anunciação do Patrocínio Lima ao lado da sua sobrinha Narcimária Correia do Patrocínio Luz


Prestigiando a formatura Professor Narciso José do Patrocínio e sua filha a Professora Narcimária C.P. Luz

 A seguir alguns momentos que registramos durante a solenidade.






As fotos que se seguem registram os bastidores antes da cerimônia.
Vejam a elegância e charme das formandas.


Srª Sônia Braga Rodrigues Cardoso

 
Srª Pulcheria Bonfim da Silva











A cerimônia culminou com todos/as formandos/as dançando valsa com seus padrinhos e madrinhas.
Pura felicidade!
Tudo divertido!






Casal Joselita e Raimundo

Parabéns a turma de formandos/as de 2013 da Associação do Grupo da Terceira Idade Eterna Juventude!
Vocês são referências de altivez e ânimo para viver a dinâmica do tempo,sem abrir mão da alegria que a vida carrega apesar dos pesares...



Para as gerações mais novas que censuram os caminhos do tempo, que nos tornam paulatinamente idoso/a,há uma "Oração ao Tempo" de autoria de Caetano Veloso.A bela poesia do tempo, nos ajudará a concluir esse breve registro, fazendo a síntese das emoções que vivenciamos assistindo as performances dos formandos/as na noite do dia 06 de setembro:

És um senhor tão bonito
Quanto a cara do meu filho
 Tempo tempo tempo tempo
 Vou te fazer um pedido
 Tempo tempo tempo tempo...

Compositor de destinos
 Tambor de todos os rítmos
 Tempo tempo tempo tempo
 Entro num acordo contigo
 Tempo tempo tempo tempo...

Por seres tão inventivo
 E pareceres contínuo
 Tempo tempo tempo tempo
 És um dos deuses mais lindos
 Tempo tempo tempo tempo...
Que sejas ainda mais vivo
 No som do meu estribilho
 Tempo tempo tempo tempo
 Ouve bem o que te digo
 Tempo tempo tempo tempo...

Peço-te o prazer legítimo
 E o movimento preciso
 Tempo tempo tempo tempo
 Quando o tempo for propício
 Tempo tempo tempo tempo...

De modo que o meu espírito
 Ganhe um brilho definido
 Tempo tempo tempo tempo
 E eu espalhe benefíciosTempo tempo tempo tempo...

O que usaremos prá isso
 Fica guardado em sigilo
 Tempo tempo tempo tempo
 Apenas contigo e comigo
 Tempo tempo tempo tempo...

E quando eu tiver saído
 Para fora do teu círculo
 Tempo tempo tempo tempo
 Não serei nem terás sido
 Tempo tempo tempo tempo...

Ainda assim acredito
 Ser possível reunirmo-nos
 Tempo tempo tempo tempo
 Num outro nível de vínculo
 Tempo tempo tempo tempo...

Portanto peço-te aquilo
 E te ofereço elogios
 Tempo tempo tempo tempo
 Nas rimas do meu estilo

 Tempo tempo tempo tempo...



E aí?
Vamos ouvir agora um disco de samba de viola legítimo?
 Crie um ambiente bem divertido na sua casa e caia no SAMBA!


COMPARTILHANDO A ALEGRIA DE VIVER ATRAVÉS DO SAMBA E VIOLA DO RECÔNCAVO DA BAHIA



domingo, 8 de setembro de 2013

SAUDADES...


 
Professora Doutora  Maria Aparecida Santos Correia Barreto Vice-Reitora da Universidade Federal do Espírito Santo 
 
Comunicamos com pesar o falecimento da nossa querida parceira e incentivadora do PRODESE,  Professora Doutora  Maria Aparecida Santos Correia Barreto Vice-Reitora da Universidade Federal do Espírito Santo  na manhã do dia  02 de setembro na cidade de  Vitória capital do Espírito Santo.
Maria Aparecida Santos Correia Barreto  era graduada em Pedagogia, com Mestrado em Educação Especial e Doutorado em Educação.
Foi diretora do Centro de Educação da Ufes, integrando a linha de pesquisa Diversidade e Práticas Educacionais Inclusivas, do Programa de Pós-Graduação em Educação. Também coordenou o Consórcio Nacional dos Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros (Conneabs), e o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da Ufes (Neab).
No período de 11 a 14 de maio de 2010,aconteceu em Vitória no Espírito Santo o II Seminário Nacional Africanidades e Afrodescendência na Universidade Federal do Espírito Santo,sob a coordenação de Maria Aparecida e o Prof. Dr. Henrique Cunha Jr.Na ocasião da abertura do Seminário, ambos introduziram uma emocionante homenagem a Abdias do Nascimento, líder exponencial das lutas das populações negras, que dispensa maiores comentários.
 
Da esquerda para direita Elisa Larkin do Nascimento,Maria Aparecida Santos Correia Barreto e Abdias do Nascimento.
 
 
 
Abdias do Nascimento homenageado no II Seminário Nacional Africanidades e Afrodescendência na Universidade Federal do Espírito Santo
O PRODESE participou do Seminário desde a sua 1ª Edição na Universidade Federal do Ceará em 2009.Na 2ª Edição a Professora Doutora Narcimária Luz e Professor Doutor Marco Aurélio Luz colaboraram com  a Mesa Educação na Perspectiva da Ancestralidade Africana, coordenada pela Professora Doutora  Maria Aparecida,que teve também a participação de uma liderança importante da tradição africano-brasileira a Makota Valdina.
 
Da esquerda para direita Marco Aurélio Luz,Maria Aparecida Barreto,Makota Valdina e Narcimária Luz
 
 O Reitor da Universidade Federal do Espírito Santo Reinaldo Centoducatte comentou em nota:
Lamento profundamente a perda, ocorrida nesta manhã, da amiga, companheira, professora e pesquisadora, Maria Aparecida Santos Corrêa Barreto que, junto comigo, na condição de vice-reitora, vinha compartilhando o desafio de liderar a Universidade Federal do Espírito Santo. Cida marcou sua passagem pela Ufes com muita competência e firmeza nas atividades acadêmicas e administrativas, deixando inúmeras lições de solidariedade, alegria e perseverança e de luta pelos direitos humanos e pela melhoria das condições de vida, por meio da construção de uma sociedade mais humana, democrática e inclusiva. Além de uma grande saudade, Cida deixa um exemplo de dedicação e dignidade para todos nós, da comunidade universitária”.
 
 
Encontramos essa imagem na página do Teatro Universitário da Universidade Federal do Espírito Santo,onde aconteceu o velório da nossa querida Cida.
Acho que essa imagem ilustra bem esse momento de  saudade que nos toma no momento.
Que Olorum lhe abençoe Cida!