*

*

PRODESE E ACRA



VIDA QUE SEGUE...Uma
das principais bases de inspiração do PRODESE foi a Associação Crianças Raízes
do Abaeté-Acra,espaço institucional onde concebemos composições de linguagens
lúdicas e estéticas criadas para manter seu cotidiano.A Acra foi uma iniciativa
institucional criada no bairro de Itapuã no município de Salvador na Bahia, e
referência nacional como “ponto de cultura” reconhecido pelo Ministério da
Cultura. Essa Associação durante oito anos,proporcionou a crianças e jovens
descendentes de africanos e africanas,espaços socioeducativos que legitimassem
o patrimônio civilizatório dos seus antepassados.
A Acra em parceria com o Prodese
fomentou várias iniciativas institucionais,a exemplo de publicações,eventos
nacionais e internacionais,participações exitosas em
editais,concursos,oficinas,festivais,etc vinculadas a presença africana em
Itapuã e sua expansão através das formas de sociabilidade criadas pelos
pescadores,lavadeiras e ganhadeiras,que mantiveram a riqueza do patrimônio
africano e seu contínuo na Bahia e Brasil.É através desses vínculos de
comunalidade africana, que a ACRA desenvolveu suas atividades abrindo
perspectivas de valores e linguagens para que as , crianças tenham orgulho de
ser e pertencer as suas comunalidades.
Gostaríamos de registrar o nosso
agradecimento profundo a Associação Crianças Raízes do Abaeté(Acra),na pessoa
do seu Diretor Presidente professor Narciso José do Patrocínio e toda a sua
equipe de educadores, pela oportunidade de vivenciarmos uma duradoura e valiosa
parceria durante o período de 2005 a 2012,culminando com premiações de destaque
nacional e a composição de várias iniciativas de linguagens, que influenciaram
sobremaneira a alegria de viver e ser, de crianças e jovens do bairro de
Itapuã em Salvador na Bahia,Brasil.


sábado, 13 de agosto de 2011

Arte SIMBÓLICA AFROBRASILEIRA

Temos o prazer de apresentar no nosso blog um trecho da palestra proferida por Marco Aurélio Luz colaborador assíduo da ACRA,na Casa da Música em Itapuã em março de 2008.Marco Aurélio é Oju Oba do Ilê Axé Opo Afonjá , Elebogi do Ilê Axipá.
Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Faculdade de Direito UFRJ; Doutor em Direito do Trabalho, pela Faculdade de Direito UFRJ; Licenciado em Filosofia pela Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ; Mestre em Comunicação pela Escola de Comunicação UFRJ; Doutor em Comunicação pela Escola de Comunicação UFRJ; Pós-Doutorado em Ciências Sociais Paris V- Sorbonne. Professor, na UFRJ e UFF e na UFBA.
Escritor, autor de artigos, ensaios e livros, em destaques o clássico Agadá : Dinâmica da Civilização Africano-Brasileira, Cultura Negra em Tempos Pós Modernos Do Tronco ao Opa Exin, co-autor  O Rei Nasce Aqui, Oba Biyi: educação pluricultural africano-brasileira.
Confiram a valiosa exposição.
Uma bela aula!

Um comentário:

  1. Valiosa AULA! Parabéns MESTRE!

    Ana Patricia Silva.

    ResponderExcluir